Vídeos

Sweetie Belle surpreende a mãe ao falar sobre carne

Já ouviu falar de uma frase na bíblia que diz: “não matarás”? Quando alguém afirma que essa frase vale apenas para humanos, está também afirmando que a bíblia discrimina. Existem várias tipos de discriminações e preconceitos. Racismo, homofobia e especismo, que é exatamente o que desrespeita as espécies. Não adianta nada alguém falar que é contra o racismo, mas ser homofóbico, da mesma forma como não adianta nada afirmar que é contra racismo e homofobia e fechar os olhos para a matança de animais, se tornando um especista. Ou alguém é contra todo tipo de discriminação, ou o preconceito vai continuar dentro dela do mesmo jeito. Você pode até alegar que os animais irracionais não se comparam com humanos. Mas eu te faço uma pergunta: de acordo com o IBGE, somente em 2015 pouco mais de 5 bilhões de animais foram mortos para consumo de carne só aqui no Brasil. Cinco bilhões! Você acredita mesmo que essa quantidade de vidas vale menos do que uma única vida humana? Acha mesmo que para Deus existe essa distinção? Porque se a sua resposta for afirmativa, então implicitamente você está afirmando que o amor de Deus é totalmente condicional.  Os vegetarianos e principalmente veganos aprenderam a respeitar até a mais primitivas das espécies e isso, consequentemente, os tornaram capazes de enxergar sentimentos de uma maneira muito mais ampla, diferente daqueles que enxergam sentimentos de forma seletiva, tornando o seu amor limitado, e consequentemente, sua capacidade de fazer o bem, acaba sendo limitada também. Um exemplo foi o que aconteceu nas filmagens de um longa metragem chamado quatro vidas, onde um cachorro quase foi afogado. Esse fato foi duramente criticado em redes sociais e os produtores do filme até ameaçados. Mas lembra das cinco bilhões de vidas animais? Nos poucos minutos em que você viu esse vídeo, quantos animais já não foram abatidos? E ninguém, absolutamente ninguém, fala sobre isso. Uma contradição que apenas exemplifica o que eu disse sobre a capacidade limitada de fazer o bem. Agora, se o seu argumento é que o homem consome carne desde os primórdios de sua origem, e usa isso como desculpa para fechar os olhos, deveria tentar imaginar um anjo ou Deus consumindo carne. Se você quer atingir um grau evolutivo maior, certamente não vai conseguir isso negando a própria evolução com desculpas como essa e colocando em xeque a sua própria racionalidade, porque fechar os olhos, de fato, é realmente muito mais fácil e cômodo do que sacrificar seus princípios por um bem maior. É claro que ninguém nasce vegetariano ou vegano, todos nós nascemos e coexistimos em uma cultura onde consumir carne é normal. O que faz a diferença de um para o outro é exatamente a capacidade de tomar consciência de que isso não está certo e mudar seus hábitos alimentares. Quando você faz isso, você aguça os sentimentos de amor e respeito e principalmente a sua capacidade evolutiva.  Se você quer evoluir, transcender para algo superior, não tem lógica alguma simplesmente fechar seus olhos e fingir que isso não é problema seu, porque se você consome carne, quer goste ou não, é problema seu sim. Se você quer um mundo justo, onde a bondade, o respeito e a igualdade prevaleçam, não é investindo em morte de animais inocentes que você vai conseguir. Pense nisso, mas nunca procure fazer o certo por medo de sofrer uma punição ou esperando recompensas. Faça de coração, caso contrário seu amor, seu espírito, será limitado e tudo que é limitado, um dia acaba.

Vídeos

Para refletir – Carnaval

Esse vídeo é de autoria de Edenelson Oliveira Pinto e faz uma breve reflexão do carnaval brasileiro. Já que estamos na véspera do feriado, deixo aqui esse vídeo para reflexão. Você pode até defender afirmando que isso é arte, que é cultura, etc.. o que de fato é. Mas se você leu a estória acima (Projeto RitchBot), especialmente a parte final, fica aí o recado para aqueles que passam a vida toda se apegando a coisas que não trazem nenhum tipo edificação positiva a elas.

Vídeos

Cenário animado com transição do dia para noite

A música de fundo é a famosa Marconi Union – Weightless (do inglês menos peso ou sem peso), que dizem reduzir até 65% do nível de stress e ansiedade se ouvido umas duas ou três vezes. Para uns funciona, para outros é só mais uma música estilo ambiente. Os autores afirmam que são as diferenças dos tons que auxiliam no processo de relaxamento. Pelo sim ou pelo não, nada melhor do que ouvir a música juntamente com um cenário em movimento ambientado em Equestria, simulando a transição de dia e noite. No meu caso que sou servidor do judiciário, qualquer música anti stress é bem vinda.. rsrs. Assista em tela cheia (Disponível em 1080p – full HD).

Vídeos

[Vídeo] Cenários animados de Equestria com música relaxante

Já viu alguma animação no youtube tocando uma música calma acompanhada do som e vídeo da correnteza dos rios, barulhos da natureza, tudo para relaxar? Se você gosta de ver vídeos como esses de vez em quando, agora também pode apreciá-los com cenários de Equestria! Tenho todos esses vídeos separados, caso alguém se interesse em colocar suas próprias músicas. Essa animação também está disponível no EQD.  Enjoy!

Fanfics nacionais, Vídeos

[Audiolivro] – Sem Palavras para Descrever – Apresentação

O autor Grivous teve uma ótima ideia ao criar um audiolivro com a fanfic que ele mesmo escreveu. É um bom recurso para quem quer ouvir textos enquanto realizam outras tarefas, e futuramente irei disponibilizar no blog um botão am cada fanfic com a opção adicional de ouvir os textos. Bela iniciativa, Grivous! Se você também tem um audiolivro da sua fanfic ou de qualquer outra estória que você gostou, mande para nós :)

Visite o canal do Grivous no Youtube clicando AQUI

Leia a fanfic “Sem Palavras para Descrever” clicando AQUI