Fanfic, Fanfics nacionais

Olhando por outro ângulo

Autor:GoldPencil 04

Sinopse:Carrot Top uma fazendeira produtora de cenouras, é sempre considerada por todos uma pônei sem utilidade, mas quando começa a olhar para si mesma com um outro ângulo percebe coisas novas que nunca tinha observado antes.

 

‘’Oi , meu nome é Carrot Top, prazer em rever o senhor !’’

‘’O prazer é todo meu.Qual mesmo era seu nome ?Eu não me lembro.”

Deixe-me falar falar um pouco da minha vida ,planto cenouras, colho e vendo, essa é minha vida, faço o que qualquer pônei faz, minha vida não tem sentido, emoção, nada, sempre plantei, colhi e vendi cenouras,não faço nada além de cuidar do meu jardim.

Sinto que não tenho importância a ninguém.Qualquer um consegue cuidar de um jardim.Sou tão insignificante, que nem lembram do meu nome.

Lá estava eu, andando pela minha cidade, como sempre fiz, quando escuto um potro e seu pai conversando “pai, quando crescer quero ser fazendeiro e plantar cenouras !” , “filho há muitas coisas melhores que cuidar de uma plantação, queira ser alguém importante , que faça um serviço útil”.

Quando escutei isso, chorei e fui pra qualquer lugar quando, um pégaso falou “olha !Quem aquela pônei triste?”,quando o pégaso do lado, responde “não é ninguém, é apenas a vendedora de cenouras”.

E penso, eu não sou ninguém ?Eu deveria existir?Olhava, obsrvando o céu tempestuoso, quando ouço  Derpy  falando “eu simplesmente não sei o que deu errado”.Andei até lá para ver o que estava acontecendo, quando vejo pégasos enroscados em nuvem meladas de cola, “Derpy !O que você fez ?”dizia Rainbow dash, “OPS!” foi sua resposta.

Eu continuava a observar a cena, um pouco engraçada, quando um pégaso azul,da crina azul escura e cinza, caiu encima de mim e dizendo “me desculpa !Tenho um problema na asa, toda vez que tento voar, vou direto ao chão, minhas asas não importancia, utilidade, se não consigo voar, minha cutie mark é uma clave de sol com um raio cinza no meio, penso, porque um raio se não consigo voar?Desculpa mesmo, preciso ir.”

Refletindo novamente, estou como aquele pégaso, qual a importância das asas de um pégaso, se elas não o fazem voar?Gostaria de fazer algo a mais, além de plantar cenouras.

No dia seguinte, caminhando na rua vejo Silver Bolt, o pônei que caiu em cima de mim, usando suas asas, não para voar, mas para tocar, e ele tocava divinamente, nenhum outro pégaso conseguia fazer o que ele estava fazendo.

E se eu tiver algo de especial dentro de mim?Posso tentar me olhar com um outro ângulo.

E foi o que fiz, descobri que sou uma pônei com um talento especial, e com muita importância. Descobri que faço mais que plantar cenouras, torno terras inférteis em terra férteis, como descobri isso?Com ajuda de Derpy, ela estragou todo meu jardim, derrubando coisas  nele sem querer, mas se ela não tivesse destruído, eu não descobriria  esse meu talento incrível, e passei a perceber que todos são especiais e únicos.

E percebi que lidar com os pôneis era igual a lidar com a terra, não é do dia para noite que eles ‘nascem’, precisa de carinho, amor, paciência só assim conseguimos perceber que todos somos únicos.